Página de Ivo Santos

Em 1996 teve o seu primeiro contacto com a bateria. Em regime autodidacta estuda e evolui no instrumento, o que lhe permite integrar várias bandas de cover`s com quem fez as primeiras actuações ao vivo.

Em 1997 foi membro fundador da banda “Nicturia”, banda de originais, com quem fez vários espectáculos pelo país onde se destacam as presenças no “Hard club” e no festival “Hard Rock Café” e que culminou com a gravação de um CD single “World is Blind” no mesmo ano. No ano de 2000, ano em que frequentou a escola do Hot Club de jazz de Lisboa com os professores Henry Sousa e Luís Pedroso, participou em vários eventos culturais relacionados com teatro e música.

Ainda em 2000 dá inicio à aprendizagem de percurssão, passando por vários WorkShops de, musica tradicional Portuguesa, Africana, Cubana e de outras culturas. Nos workshops teve como professores: Conny Kadia (Djambé ) e o grupo de percussão Dumdumba (em percussões diversas).

No contexto das músicas étnicas, participou em vários festivais, tais como Andanças (Sº Pedro do Sul), Sant-Chartier e Gennetines em França onde mais uma vez reforça o contacto com as musicas tradicionais do Mundo.

Em 2002 frequenta o Conservatório de Caldas da Rainha nos cursos livres de bateria com o professor Chico Santos. Em 2003 participa em vários concertos com a Banda “Caim” onde se destaca a abertura do concerto de “Xutos e Pontapés” em Leiria. Também em 2003 inicia trabalhos com o grupo “Sons do Bairro”.

Em Fevereiro de 2004 integra a banda “Canto da Terra” onde tem a oportunidade de desenvolver os conhecimentos na nossa música tradicional e simultâneamente tem o prazer de não deixar morrer as tradições da música do nosso povo.

No final de 2004 grava o primeiro disco do grupo Canto da Terra com quem faz espectáculos por todo o país e estrangeiro durante 2005 e 2006.